Como podemos
ajudar ?
Comprar e Vender Alugar e Administrar Consórcio Seguros Financeiro Outros Fechar X
Atendimento

7 DICAS DE CONSERVAÇÃO E MANUTENÇÃO RESIDENCIAL (TERCEIRA PARTE)

Terceira parte do artigo para ajudar na conservação do seu imóvel
7 dicas de conservação e manutenção residencial (terceira parte)

Você tem seu imóvel em Guarapuava. Pode ser aluguel, ou pode ter realizado uma compra… Pode ter feito negócio na FAAX ou em outra imobiliária em Guarapuava…

Mas uma coisa é certa: Para evitar dores de cabeça, é preciso realizar uma manutenção residencial com frequência, pois é a melhor forma de garantir que ele fique sempre bonito, agradável e aconchegante como todo lar deve ser.

Por essa razão, reunimos sete dicas sobre o assunto para ajudar nessa tarefa e facilitar a conservação do seu lar. Dividimos esse conteúdo em 3 partes, e essa já é a terceira. Acompanhe!


6. Caixa d’água

A limpeza da caixa-d’água talvez seja a manutenção preventiva mais praticada, pois tem relação direta com a saúde da família presente no local. Reserve um dia a cada seis meses para dar conta da empreitada.
Para realizá-la, são necessários materiais como panos limpos, esponjas, água sanitária, vassoura ou escovão, pá e baldes. Nada muito caro.
Com o registro de entrada e saída fechado, remova a tampa e esvazie a caixa-d’água, deixando-a com cerca de um palmo de água. Antes de começar, coloque panos nas saídas dos canos, para evitar que entupam com a sujeira.
Esfregue as paredes e o fundo apenas com uma esponja (sem usar sabão ou quaisquer produtos químicos). Recolha a sujeira com ajuda de alguns panos e uma pá.
Abra o registro e deixe encher até 60 cm. Adicione um litro de água sanitária para cada mil litros de capacidade e aguarde agir por três horas. A cada meia hora, use um pano para molhar as paredes com a solução em repouso.
Após este intervalo, remova os panos que estavam tapando os canos, abra todas as torneiras da casa e dê descargas, para desinfetar a tubulação por completo.
Depois, encha a caixa com um mais pouco de água e limpe suas paredes internas, para remover qualquer vestígio de água sanitária. Esvazie novamente.
Por fim, feche a tampa, abra o registro e encha por completo. Antes de usar a água, deixe escorrer por alguns minutos para eliminar o odor deixado pela água sanitária. Se preferir, há empresas especializadas no serviço.


7. Faça uma manutenção residencial preventiva

Por fim, não deixe de fazer uma manutenção preventiva nas instalações elétricas e nos encanamentos. Esse é um passo indispensável para garantir que não ocorram sobrecargas ou curtos que danifiquem os seus aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos; a queima de lâmpadas e o escape de eletricidade em tomadas que provoquem pequenos e médios choques em quem usá-las; o vazamento e o desperdício de água; infiltrações nas paredes — responsáveis pelo aparecimento de mofo na residência.

Gostou das nossas dicas de manutenção residencial? Coloque em prática, conserve seu imóvel e valorize seu patrimônio cada vez mais.